Post especial de dia das mães

13 mai

INVEJOSOS DIRÃO QUE É PHOTOSHOP POIS NÃO TENHO DINHEIRO PARA UM PRESENTE DE LUXO.

boatos.

mãe, todo dia é seu dia, tá aí seu presente.

Desconcerto do Mundo

16 mar

Só queria saber uma coisa de vocês, uma simples pergunta: vocês acreditam em amor?

De uns tempos pra cá eu não sei mais se acredito que esse sentimento possa existir. Eu mesma não consigo mais saber qual a sensação e, mesmo que soubesse, tenho a impressão que ando em um descompasso universal, onde sempre que eu amar alguém, essa pessoa não vai querer nada comigo, e vice-versa. Do outro lado da moeda, sempre que alguma garota começa a gostar de mim, sou eu que me torno seletiva e fico pensando que não gosto o bastante daquela pessoa a ponto de amar ou namorar. E se na verdade pudesse haver mais um lado, bom, eu não conseguiria dizer um “eu te amo” de maneira sincera.

Imagine que existe um botão. Você sabe que existe a possibilidade de você apertar nesse botão e ganhar um “prêmio”, porque já viu pessoas fazerem isso. Entretanto, algumas pessoas só ganham um choque mesmo quando apertam tal botão. Você vai lá serelepemente achando que não vai levar choque, mas acaba levando. Uma, duas, três, dez vezes. Chega um momento em que você não acha mais interessante continuar tentando depois de ter levado tanto choque. Você reconhece que pode ganhar um prêmio, mas não acha que compensa ficar tentando. É melhor deixar de lado por um tempo e fazer outra coisa mais proveitosa.

Podem afirmar que isso não faz sentido, porque o amor não tem um lado ruim, mas sejamos sensatos, tem sim. Quando você é rejeitado por alguém você sempre fica pra baixo, sem conseguir se concentrar, sem conseguir ler algo, aprender algo. Às vezes não consegue nem se divertir direito. É muito incômodo.

Então, sinceramente, se fosse pra responder a pergunta: amor existe. Olhe ao seu redor, ele existe, isso é indiscutível. No entanto, não acho que ele seja digno de você pisar na sua própria auto-estima para correr atrás dele. Se você tá levando muito fora, deixa o amor pra lá e vá viver sem ele por uns tempos. Talvez apareça alguém. Talvez não. Não importa.

Amor é divertido. Amor é interessante. Mas amor (e me refiro ao amor Eros) não é essencial

Os bons vi sempre passar
No mundo graves tormentos;
E, para mais me espantar,
Os maus vi sempre nadar
Em mar de contentamentos.
Cuidando alcançar assim
O bem tão mal ordenado,
Fui mau, mas fui castigado.
Assim que, só para mim,
Anda o mundo concertado.”

Camões – “Desconcerto do Mundo”

We can be heroes!

29 jan

A liberdade que me acostumei e agora não quero ficar sem. Eu só consigo ser segura sozinha. Fico pescando verdades e procurando motivos. E me irrito quando vejo que tenho razão… que é tudo meio em vão.

Eu até sinto muita saudade, mas tenho deixado pra lá. Afinal, saudade é uma coisa que a gente sempre vai ter do que não soube cuidar direito. Você busca algo em pessoas baixas e tenta me ensinar um pouco do nada. Sempre um novo caminho para não se seguir. Ambas sabemos que seremos afetadas e maltratadas. Somos o pouco que sobrou… assinamos o atestado e pagamos alto preço. We can be heroes, e eu lembro de você. Achou engraçado depois que eu contei. E você perguntou o que eu queria… I just wanna be pure. Maybe you’re gonna be the one who saves me.

Não sei o que não me fez bem. O Bowie ou a pinga. Also… preciso me organizar e postar mais no blog… Garçom, uma decepção daquelas, por favor.

Eu queria ser um pedreiro.

5 nov

Eu estava sóbria quando pensei no título. No momento tenho minhas dúvidas. Enfim… Espero que faça algum sentido para quem ler.

Sim, eu queria ser um pedreiro.  Queria saber tapar buracos. Levantar paredes, barreiras, começar algo do zero.

Já andou sobre pedras? Dói né? Machuca, sangra, se for meio dia, até queima. Com o sofrimento é a mesma coisa: queima lá dentro, dói o coração, a cabeça.. Se você for desesperado como eu, dói o estômago também. Dói tanto que tem gente que quer se anestesiar. Fica apático, indiferente, vira uma estátua só pra não sentir. Tem gente que bebe,  bebe “pra esquecer”, afinal coração vazio perde pro copo cheio. Ou então vai por aí, saindo de uma festa e entrando em outra, fazendo muito barulho pra não escutar a dor. Tem gente até que briga e tenta afastar o outro só pra não sentir saudade ou tristeza.

Caramba, pra que tudo isso? Não podia só jogar um cimento e começar algo novo? Continuar? Será que pisando sobre as pedras eu só prolongo os episódios ruins?

Acho que ainda tenho muito trabalho pela frente, é difícil fazer isso sozinha.

30/10 – 07h05min da manhã. O quarto tá girando e eu to aqui, só desejando construir algo novo qualquer dia desses.

Pessoas não são descartáveis.

29 out

Tem coisa que eu não entendo mesmo, e talvez nunca vá conseguir.  Quem me conhece sabe como eu sou compreensiva… Se eu não entendo atitude X de pessoa Y, é por que realmente é complicado.  É assim: certas pessoas não sabem lidar com as coisas boas da vida por muito tempo. Estranho NE? Estraga, destrói, joga fora, PERDE.  Ai vem outra coisa boa… e nada muda. Constrói e destrói. Começa e interrompe. Ganha e joga pro alto. Fica realmente difícil entender uma pessoa que abre mão de tantas oportunidades e presentes que a vida dá (alguns até bem bonitinhos, oi RS). Não sabe cuidar… e estraga, machuca, cuida mal, muito mal.

Talvez essas pessoas se achem tão ruinzinhas que tem certeza de que não merecem nada de bom, que tem mesmo é que sofrer, se afastar, ser infeliz e acabar com os outros. Ou sei lá, pessoas são estranhas e sádicas. Acho que fazer essa merda toda causa certo prazer. Desprezo, afastamento, destruição… Não não, isso não me parece muito gostoso. Na verdade é bem cansativo até.

Meu recado com tudo isso? Pessoas não são descartáveis! Você não pode simplesmente usar e jogar fora. Ou até mesmo ficar mordendo a beirada e rasgando achando que tá fazendo algo lindo.

Alegria dura pouco, o vazio e a insatisfação duram muito.

Temos que cuidar bem das pessoas e de tudo que aparece em nossa vida. Dá um pouco de trabalho e exige algumas coisas que nem sempre estamos dispostos a dar, mas sempre há a recompensa. Você gosta de ter esse trabalho? :)

Todos os meus amores.

Tudo que eu planejei se desplanejou

18 out

Eu não ligo, embora queira, embora não goste… E nem pergunto se está tudo bem porque tenho medo que sim.  Sempre achei que era boa o bastante para qualquer uma… mas nunca me senti suficiente para você. E conviver ao seu lado sempre exigiu mais de mim do que eu imaginei que poderia ser. Ninguém me faz sentir assim tão inferior quanto você… E ninguém me faz ser tão especial quanto você.

O sol só brilha quando é você que abre as janelas…

Egoísmo

7 out

(ego + ísmo) é o hábito ou a atitude de uma pessoa colocar seus interesses, opiniões, desejos, necessidades em primeiro lugar, em detrimento (ou não) do ambiente e das demais pessoas com que se relaciona. 

 

Fiz a escolha errada novamente… é complicado quando não penso em mim mesma. O egoísmo é uma característica que não me foi concedida. Ao menos, não o certo. Isto é, se há como classificar os tipos de egoísmo.

As vezes eu queria ser os três lugares de preferência em minha vida… ou ao menos, um deles. Queria dizer primeiro eu, segundo eu e terceiro eu… mas acho que não cresci o suficiente para isso. Por enquanto, primeiro você. O que vier depois é lucro… ou saudade.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: